Tuesday 07 Jul 2020

Assembleia Geral aprova Relatório e Contas de 2019

 

A Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, reunida esta quarta-feira, dia 20 de maio, em Sessão Ordinária realizada por videoconferência em virtude das instruções emanadas pela Direção Geral de Saúde de resposta à situação epidemiológica da Covid-19, aprovou por unanimidade o Relatório e Contas de 2019.
A Assembleia contou com a presença do número recorde de 24 delegados.

 

Retoma da atividade desportiva

 

 

A FPTM tem efetuado diversas diligências, junto da tutela, no sentido de lhe serem transmitidas diretrizes sobre a possível retoma da prática do Ténis de Mesa comprovando, quer através da Matriz de Avaliação da Atividade Desportiva que confirma o Ténis de Mesa como uma modalidade de risco baixo de contágio, quer pelo nível de exigência que colocou na elaboração do Plano de Retoma da Atividade no Centro de Alto Rendimento muito elogiado pela tutela, que está pronta a coordenar e supervisionar o regresso progressivo à prática do Ténis de Mesa em todo o país.
Neste sentido, a Federação tem feito chegar à Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto e ainda ao Instituto Português do Desporto e da Juventude um conjunto de documentos que suportam, e comprovam, a visão de que é possível retornar à prática do Ténis de Mesa, em todo o país, em segurança.
Entretanto, e considerando que a prioridade será reabrir a prática do ténis de mesa e só posteriormente voltar à competição, a FPTM está a elaborar vários planos para a conclusão das três divisões dos Campeonatos Nacionais de Equipas Seniores Masculinos e duas divisões dos Campeonatos Nacionais de Equipas Seniores Femininos, tendo em linha de conta a especificidade de cada uma das competições, dos clubes e atletas que as disputam, do tempo necessário para terminar cada uma delas ao abrigo dos atuais regulamentos, e ainda do tempo que falta para o fim oficial da atual época desportiva, a 31 de julho de 2020.
Em função das avaliações ao Plano de Desconfinamento em vigor realizadas pelo Governo, e de alguma alteração do mesmo que tenha implicações na modalidade, a FPTM pretende tomar decisões com a maior brevidade possível, colocando prazos para as mesmas:
a) 1ªs Divisões Masculinas e Femininas; decisões até 31 de maio de 2020
b) Restantes divisões; decisões até 15 de junho de 2020
Será, no entanto, possível informar desde já que os Campeonatos Nacionais de Jovens e de Veteranos não serão realizados nos moldes habituais e antes de 31 de julho, sendo que a FPTM considera a sua realização ainda em 2020 consagrando assim os Campeões Nacionais do ano. Também não será possível reativar o Circuito Challenge FPTM, o Circuito de Ténis de Mesa Adaptado e os Torneios Abertos que contam para o Ranking Nacional dos Atletas.
A FPTM está disponível para ajudar todos os clubes nacionais na retoma da atividade, através de várias medidas, nomeadamente: Divulgar junto dos clubes um documento com as Medidas de Prevenção ao Covid-19 que deverão adotar para a prática do Ténis de Mesa; Apoiar diretamente os clubes na implementação das mesmas; Realizar Sessões de Formação e de Esclarecimento online, com os responsáveis pela implementação do Plano de Retoma à Atividade do Centro de Alto Rendimento para o Ténis de Mesa, situado em Vila Nova de Gaia.
A FPTM irá manter-se atenta à situação e atualizará os seus procedimentos sempre que tal achar necessário em função das orientações emanadas pelas respetivas entidades competentes.

Patrocinadores